26 de jul de 2010

No vai e vêm do metrô

Depois de muitos pedidos do Julio, aí vai o post sobre a Lina A

=D

 

Muita gente não sabe, mas andar se metro na linha A em Buenos Aires, é como viajar no tempo… e põe tempo nisso!

A linha A foi a primeira linha de metro da América Latina. Sua construção foi iniciada em 1911 e terminada no dia 01 de dezembro de 1913. Para aqueles tempos, como já dizia minha avó: “Quando os políticos eram honestos, as crianças respeitavam os mais velhos e os preços eram acessíveis” (By Filtro Solar), foi uma façanha da engenharia.

Buenos_Aires_-_Subte_-_Construcción_de_estación_Sáenz_Peña_(1912)

Construir os túneis debaixo de uma cidade já com mais de 1 milhão e meio de pessoas, para muitos, era “dinheiro jogado fora”. Mas a necessidade criou a ocasião e o projeto foi levado adiante. Hoje, viajar pelos vagões antigos, com quase 100 anos de idade! Sim, é uma aventura incrível!

subte 05

Os vagões são feitos de madeiras, as janelas abertas, o vento forte, o barulho dos trilhos muitas vezes, ensurdecedor e um “toque” de cheiro madeira queimada. Os 40 assentos na época, eram mais do que suficientes, hoje, parece a famosa dança das cadeiras, onde quem sentar primeiro, ganha o prêmio…rs

subte 06

Na época de sua inauguração, a linha percorria a Estação Avenida de Mayo até a Estação Mitre, e que hoje, se estende por quase toda a cidade.

subte 01a

A colossal construção exigiu a contratação de mais de 1500 obreiros, a utilização de mais de 31 milhões de ladrilhos, 108 mil barras de 170k cimento, 13 mil toneladas de barros ferro e 90 mil km² de capa isolante.

Bom, para quem vem ou para quem já esta aqui, vale a pena visitar e conhecer a linha A do metrô. Além de histórico, é uma passeio agradável para quem quer conhecer a Avenida Rivadavia.

subte 02b

Ps. Depois de algum tempo,  duas das estações da linha A foram desativadas e fechadas, porém ainda é possível ver-las quando o metrô passa por cada uma. Dizem que é possível ver algum dos obreiros da época da construção, perambulando por elas. Se é história ou não, sempre que o metrô passa por aí, eu jamais olho…rs

Enjoy³

18 de jul de 2010

Bairros de Buenos Aires

Bairros de Buenos Aires

Clique aqui para ver o mapa em tamanho grande

 

Esse post é dedicado a Patrícia, que á algum tempo, vem me ajudando na busca implacável por um apartamento. E entre os e-mails que vem e vão, ela sempre me diz que não conhece os bairros. Tá ai Patrícia, espero que te ajude.

Hoje, eu vivo num bairro chamado Constituicion. Não é um bairro muito bom não. As ruas são muito sujas, existe muitos lugares velhos, destruídos e durante a noite, é bem perigoso. Então, se puderem evitar, evitem! Haha…

Existem bairros que vale a pena levar em conta na hora de escolher um apartamento para alugar: Belgrano, Caballito, Palermo, Micro Centro, Almagro. Esses são mais movimentados.

Existe o bairro Villa Del Parque, que eu recomendo, porque foi onde eu fiquei logo que cheguei a Buenos Aires. É bem tranquilo, limpo e bem localizado.

Para as pessoas que chegam sozinhas, ou para estudantes, na Calle Lavalle, existem muitos hotéis, chamados “Hotel Familiar”. Para quem gosta de privacidade e quer alugar um quarto só para uma pessoa e não dividir com ninguém.

Agora você deve estar se perguntando: Mas quanto é o aluguel?

Bom, o preço varia muito, é claro. Algo entre 900 e 1400 pesos por mês.

E eu, ainda continuo na eterna luta de conseguir alugar um! Se alguém souber de algum apartamento, com 1 quarto, sala, cozinha e banheiro, me avisa que dessa vez, sou eu quem pago o café! …rs

 

Enjoy³

3 de jul de 2010

Alugando um apartamento

Muita gente me pergunta como fazer para alugar um apartamento em Buenos Aires e é claro, quanto custa. E já que isso esta me tirando sono, já que eu ainda não consegui alugar um.

E sim, é bem complicado.

Normalmente as imobiliárias fazem 3 exigências:

- Garantia (Que é o mesmo que um fiador)

- Documentação em dia

- 3 vezes o valor do aluguel

 

O problema começa aí…

Se um brasileiro, como eu, chega em Buenos Aires e não conhece ninguém e muito menos tem um parente, não tem nenhuma chance de conseguir essa “garantia”. Noventa por cento das imobiliárias pedem algum tipo de garantia. A primeira, é a “garantia direta” ou seja, a pessoa precisa ser um parente e possuir algum imóvel na capital federal. A outra, é a chamada “garantia de província” onde a pessoa pode morar em alguma província (interior da Argentina).

No meu caso, nenhum, nem outro.

Depois de procurar muito algum apartamento que não seja diretamente com uma imobiliária, descobri que algumas empresas vendem essa garantia.

O banco Supervielle é uma dessas empresas.

Eu certo dia, feliz da vida, que finalmente consegui encontrar uma solução, como sempre acontece, quebrei a cara! O banco exige no mínimo 3 anos de residência em Buenos Aires! É claro, fiquei pê- da-vida com isso.

Depois encontrei uma outra empresa, que faz o mesmo serviço mas te cobra o olho da cara. A empresa se chama Monclair. Quem quiser, é só pesquisar na internet.

Infelizmente, depois de esperar tanto pelo meu documento, agora tenho que lutar por uma luz no fim do túnel.

Alugar um apartamento aqui, é bem mais difícil que pensei!

Mas fazer o que? Faz parte!

 

Enjoy³

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude a divulgar o blog

create your own banner at mybannermaker.com!
Copie o códido abaixo no seu site para exibir esse banner!