29 de out de 2009

Máfia Chinesa




Lembram do filme “Os aventureiros do bairro proibido”?
Foi a primeira coisa que me veio na cabeça quando entrei a primeira vez em um supermercado aqui. Chineses com aquelas caras de quem têm algo a esconder... rs
Não importa em qual mercado você entre, no balcão da gerencia sempre esta um chino lá dentro. É impressionante como eles tomam conta. E são incrivelmente parecidos em todos os aspectos. Mercados velhos, sujos e caros! Uma dica: Tente evitar comprar produtos refrigerados, carnes e coisas do tipo. Quase todos (pra não dizer todos) desligam os refrigerados durante a noite. Já comprei leite, yogurte e até carne, que estavam estragados porque não foram refrigerados durante a noite.
A máfia chinesa domina os mercados. É até engraçado entrar em um. Normalmente a música ambiente é do país deles. Ou seja, você não vai entender nada.
Meu conselho é que você deixe para comprar produtos “gelados” nas grandes redes de supermercados, como o Carrefour, Coto, etc. E também porque você tem o serviço de entrega (aqui se diz “envio”) e são super confiáveis. Claro que isso não quer dizer que você não vai comprar um ovo estragado no Carrefour, obvio!
Já vejo amanhã no meu MSN alguém dizendo que eu disse que no Carrefour são 100% confiáveis. DONT DO THIS!
E cuidado, nunca se sabe quando um chino cheio de raios vai aparecer na sua frente! (essa piada é só para quem já assistiu ao filme que eu citei acima... rs)

Enjoy³



23 de out de 2009

Finalmente, um emprego!





O telefone toca enquanto almoço depois de mais uma manhã procurando emprego pela cidade. O número é confidencial. Olho para os lados, e mentalmente penso positivamente. A voz, do outro lado, já me é conhecida.
- Oi Júnior, parabéns, agora você faz parte da nossa equipe!
Milhares de coisas voaram na minha mente. Pensei na minha mãe, na família, nos amigos em tudo. Um peso gigante parece ter saído dos meus ombros.  Fiquei tão feliz, que pulei tentando tocar os pés no alto, como Charles Chaplin, mas foi tão desastroso que derrubei tudo de cima da mesa. Se alguém na rua tivesse visto, certamente pensaria: “Esse aí, fumou muito”... rs
Mas é isso mesmo, finalmente consegui um trabalho, e até já assinei o contrato. Lembro-me muito bem, quando cheguei pela primeira vez na Avenida Nove de Julio e fiquei maravilhado com a beleza dos prédios e a quantidade de empresas boas que estavam instaladas. Parado, tentando ver o final da avenida pensei: "Um dia, vou trabalhar aqui!" Dito e feito! Hoje, a empresa, fica na Avenida Nove de Julio.
Perdi as contas de quantas vezes saí pelas ruas em busca de emprego. Chuva, sol, vento, dia, noite... Muitas vezes eu fazia mais ou menos um percurso de dez ou doze kilometros pelas ruas. Eu saia de casa às 8 da manhã e voltava as quatro, cinco horas da tarde. Sem comer nada. Voltava e logo ia pro fogão cozinhar alguma coisa para comer. E nesse caminho eu descobri o lado bom e o lado ruim de viver aqui. Com o tempo, aprendi como me preparar para uma entrevista de emprego, recebi muitos FEEDBACKS que me ajudaram a me preparar melhor para a próxima entrevista. E cada porta que se fechava na minha frente, me dava mais força para seguir em frente.
Lembro que certa vez li uma reportagem que me alertou para uma posição que muitas vezes eu mesmo me colocava em uma entrevista: Na ofensiva.
Chegamos à entrevista com aquela cara de quem precisa muito do emprego. Não importa o que o entrevistador nos diz, e simplesmente concordamos com ele. Para tudo dizemos que sim, tudo esta ótimo, não importa o que seja, afinal, você só quer o emprego não é? Errado! A empresa também precisa de você. Ponha-se na posição de quem sabe o que quer. Que conhece sobre a empresa, sobre a possível vaga. Pergunte sobre o posto pretendido. Qual tipo de perfil desejado, enfim, mostre que você está interessado pelo emprego, mas não fique na defensiva. Depois de mudar a minha posição de defensor para atacante minhas possibilidades de um emprego aumentaram consideravelmente. Na última semana, recebi 4 propostas de trabalho e acabei optando pela melhor, onde eu poderia trabalhar e estudar. Optei por um call center, seis horas por dia, cinco dias por semana. E o salário é muito bom. (O salário mínimo em Buenos Aires é de mil e quinhentos pesos)
Agora é tempo de plantar. Trabalhar muito e voltar a fazer planos para o futuro.

Tin Tin, um brinde á felicidade!

Enjoy³

22 de out de 2009

Dia de Primavera






Feriado de Primavera
Pegue sua cesta de piquenique, um lençol bem grande e chame seus amigos, porque hoje é dia de Primavera. Um dos mais festejados feriados dos portenhos é quando no dia 21 de Setembro, se comemora o dia da primavera.
Pessoas lotam lugares como Puerto Madero, La Costanera e os grandes parques (Parque Palermo, Plaza Intendente (Recolleta), Parque de Las Heras e muitos outros. Neste dia não há aulas nas escolas, muitos saem mais cedo do trabalho. Apenas para o prazer de dar as boas vindas á nova estação.
Gente por todos os lados, jogando bola, conversando, tomando tererê, mate, comendo, correndo, gritando, dando risadas trazem o verdadeira sentido das estações: Trazer novos momentos, novas experiências e novas colheitas. Não importa a hora que você chegar, mas o que importa é o fato de curtir esse feriado. E não é a toa que as pessoas quando se cumprimentam, te desejam “feliz dia de primavera”.
Mesmo quando o Sol se põe, as pessoas ainda estão no mesmo ritmo de alegria. É difícil ver um feriado assim. Muitos dizem que é apenas uma desculpa para que os estudantes possam ficar sem aulas, e para os empregados, matarem serviço, mas a meu ver, é uma das poucas maneiras dos argentinos fugirem da sua rotina.
Eu passei este dia em um parque bem perto de Puerto Madero, minha segunda vez aí, e não recomendo para nenhuma família. Nas duas vezes que eu fui, houve brigas e muita correria. Em um segundo você está numa boa, conversando ou jogando bola, e no segundo seguinte, você olha e vem aquela multidão correndo na sua direção. Restam poucos segundos para você agarrar suas coisas e não ser roubado. É isso mesmo. Quando acontecem essas brigas, muitas pessoas se aproveitam do momento para fazer o famoso “arrastão”. Então, cuidado!
Mas de resto, o dia de Primavera é uma data muito legal de se passar em Buenos Aires, assim como o dia do Amigo, que aqui também é comemorado.  Ah, vale a pena dizer que não é feriado oficial, pelos menos, por enquanto...

Enjoy³












16 de out de 2009

Trânsito em Buenos Aires





Hoje eu estava no ônibus voltando para casa, quando de repente o motorista pára em frente a um kiosko e entra. Fiquei parado, tentando imaginar o que poderia estar acontecendo. Pensei que ele estava fugindo da policia, que era algum tipo de treinamento anti PCC (quem morou em São Paulo sabe o caos que ficou a cidade no ano de 2006), pensei de tudo, tudo mesmo. Depois de alguns minutos volto o motorista, com uma cara aliviada e olhando para as pessoas da um aviso:
Desculpa gente, mas eu tava apertado pra caramba
Achei isso muito hilário.
E é com esse pequeno ocorrido que hoje eu vou falar um pouco do trânsito de Buenos Aires.
Eu me lembro uma vez quando assisti pelo Discovery Chanel, uma reportagem falando sobre o trânsito na Índia. Milhares de carros, motos, ônibus e animais disputam cada centímetro da rua.
Em Buenos Aires, não existem tantas pessoas assim, mas nem por isso é menos caótico.
Acredite. Um pedestre dificilmente é respeitado. Nem mesmo se ele estiver na faixa de pedestre.
Em avenidas de grande movimento como a Nove de Julio, Corrientes, Rivadavia e muitas outras, ônibus e carros disputam seu lugar na rua. Os motoristas são incrivelmente impacientes. O semáforo nem abre, e já tem algum motorista buzinando sem parar. Cinto de segurança? Apenas enfeite dentro do carro. Capacete da moto? Talvez eles nem saibam o que é isso. Guarda de transito? Eu nunca vi nenhum por aqui.  Veículos parados no meio da faixa de segurança ou estão estacionados no meio da rua e muitos em péssimas condições de conservação.
Na semana passada conheci um grupo de chilenos, que estavam conhecendo a cidade. Uma das mulheres, numa conversa muito rápida, me confessa que jamais havia visto algo parecido com o trânsito de Buenos Aires. “Loucos, irresponsáveis e muitos barbeiros” foram as palavras que ouvi. E não deixa de ser mentira não. É uma pena.
Então, futuros moradores ou apenas turistas, ao vir para Baires, sempre prestem muita atenção ao cruzar a rua, ao sair do taxi, ou até mesmo, ao andar na calcada. É preciso atenção redobrada se você tiver crianças.


Enjoy³

15 de out de 2009

Caras-pintadas do Século XXI




O país vive sempre a mesma história.
Quando você liga a TV, quando pega seu jornal de manhã cedo, ou ate mesmo numa mesa de bar, o assunto é sempre o mesmo:
Dinheiro que foi desviado,  mais um derivado do mensalão, cartões que fazem milagres e por ai vai.
O engraçado é que toda vez que isso aparece na mídia, outra coisa aparece e logo esses escândalos desaparecem.
Não tem como não ficar indignado quando ouço alguém dizer: "mas sempre foi assim".
Vivemos na época mais globalizada, onde você tem as informações na frente do seu computador, numa mensagem de celular, tudo fácil, mas muito difícil de acontecer.
Com o avanço da internet, o acesso as informações tornou-se muito mais fácil, mas acabou ficando superficial. Hoje, as pessoas só prestam atenção às manchetes e não na noticia como um todo.
O assunto sobre política nas mesinhas de bares, sempre rendeu muitas brigas, mas encontrar alguém que saiba algo realmente necessário de política, isso é muito difícil de acontecer.
Pergunte para qualquer um de seus amigos, qual o nome do vice-presidente? E o ministro da fazenda?
Duvido que alguém saiba responder isso com firmeza.
Agora pergunte á um jovem qual o nome das casas no famoso livro Harry Potter e todos responderão com um belo sorriso no rosto.
Política para os jovens do meu tempo é algo que não vale a pena, como alguns dizem.
A política em nosso país nunca foi tão "assistida" pelas pessoas.
A todo o momento se assiste nos noticiários, e temos até a nossa TV SENADO (alguém assiste a esse canal?).
Mas ainda falta muito para as pessoas terem uma "consciência política".
Mudamos nossa maneira de pensar, mas infelizmente, não mudamos a nossa maneira de lidar com esse tipo de pensamento.
Não adianta ficar sentado e ver as coisas acontecerem. É preciso um pouco mais de atitude para a minha juventude.
Temos o direito e DEVER de fazer com que nossos direitos sejam mantidos e seguidos. Devemos ver com mais assiduidade os telejornais e debater com nossos amigos essas disparidades políticas.
Sejamos sempre, jovens, lutadores e inteligentes.
Chega dessa palhaçada na nossa política.
Vamos cobrar dos nossos representantes e assim fazer desse país, um lugar onde os jovens tenham vontade de viver, crescer e ser, e não um país feito de estudantes sonhando com sua fuga para o exterior.



Vontade seja feita...

9 de out de 2009

Estudar na UBA









Um dos assuntos que as pessoas mais me perguntam é sobre o sistema de estudo da Universidade de Buenos Aires (UBA).
E é claro, sobre o CBC (Ciclo Básico Comum).
Mas nada que uma pequena lida nesse post aqui, não tire suas dúvidas.
Vamos lá!
Todo estudante que pretende fazer um curso da UBA, necessita passar pelo CBC. Para entender o que é o CBC, é mais fácil você imaginar como se fosse um "cursinho" para entrar na faculdade.
São seis matérias que é claro, mudam conforme o curso de sua escolha. Exemplo:
Para o curso de Advocacia as matérias que você irá cursar são: 


Introducción al Pensamiento Científico
Introducción al Conocimiento de la Sociedad y el Estado
Economía
Sociología
Principios Generales del Derecho Latinoamericano
Ciencia Política


Para a carreira de Administração de Empresas:


Análisis Matemático I
Economía
Sociología
Metodología de las Ciencias Sociales
Álgebra
Historia Económica y Social General


Para cada matéria, são feitas duas provas e é necessário um total 13 pontos para não ter que fazer a prova final. Ou seja, você vai pegar a nota da sua primeira prova e somar com a segunda. Se por acaso você não conseguir os 13 pontos, você ainda tem a prova final. Nessa você precisa tirar um quatro ou mais! Facinho não? E ainda tem mais.
Vamos supor que você acabou de chegar a Buenos Aires, não tem a mínima idéia de onde ficam os lugares das provas. Aí você pergunta pro seu amigo e ele te manda para um  lugar longe, mas pense num lugar longe! Quando você chega lá, faltando 20min para fazer sua prova, você descobre que esta no lugar errado, e o lugar certo, fica do outro lado da cidade!!! No final, você perdeu sua primeira prova. (Isso aconteceu comigo... rs)
E agora? O que fazer?
a) Chorar
b) Ligar para sua mãe e chorar também
c) Matar seu amigo
d) Sentar na calçada e tomar um sorvete
e) Todas as alternativas


Bom, se por acaso você perder uma das provas, você ainda pode tentar remarcá-la. Isso mesmo, é o chamado "recuperatório". Você precisa de uma justificativa muito boa. Atestado médico, etc...
No meu caso, quando conversei com o pessoal do cbc, pelo meu portunhol, eles entenderam que eu realmente havia me perdido! E pra dar mais validade a minha história, perguntei como fazia para voltar para casa... rs
Mas pelo menos deu certo!! 


Vamos supor que você não conseguiu tirar uma nota maior que quatro no exame final. Calma, você ainda tem mais duas chances. E se você, nessas duas chances não tirar um quatro????? Meu Deus, troca de curso por que é praticamente impossível né????


Mas é importante deixar claro uma coisa aqui. Estrangeiros que não possuem o DNI, não podem fazer o CBC presencial, aquele onde você freqüenta as aulas. Você precisa fazer o CBC pelo sistema UBA 21.


Agora você que esta lendo aí, deve estar dizendo: Caraca Nasdaq, quanta informação de uma só vez!!!!!
Calma, fica tranqüilo (a) que eu vou te explicar.
O sistema UBA 21 é o mesmo sistema do CBC (mas os conteúdos das matérias são diferentes).
Você compra as apostilas numa livraria e estuda na sua casa. Tem as versões diet também, as fotocópias do livro que podem ser adquiridas nas sedes das tutorias. Existem as tutorias, que são as aulas para você tirar suas dúvidas. 


Uma dica: Não tente ir às tutorias sem ter estudado o conteúdo anteriormente. O professor esta lá para tirar dúvidas e não dar aulas ok?
Você pode consultar a data, os horários e os lugares das tutorias aqui
Na página do UBA 21 possui muita informação útil. Fórum para discussão de exercícios, matérias gravadas em áudio, todo o material do curso e ainda pode marcar um grupo de estudos. Acredito que é uma ferramenta muito valiosa essa questão do grupo de estudos.


Eu gostaria de esclarecer aqui que o conteúdo que posto no meu blog, é produto da minha experiência. Ou seja, coloco o que sei e o que pesquisei. Obvio que pode haver outras maneiras de fazer isso ou aquilo. E se você tem alguma informação que seja útil, por favor, deixe um comentário ou envie um email, ok?


Abaixo tem o site da UBA, do CBC e da UBA 21.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude a divulgar o blog

create your own banner at mybannermaker.com!
Copie o códido abaixo no seu site para exibir esse banner!