23 de out de 2009

Finalmente, um emprego!





O telefone toca enquanto almoço depois de mais uma manhã procurando emprego pela cidade. O número é confidencial. Olho para os lados, e mentalmente penso positivamente. A voz, do outro lado, já me é conhecida.
- Oi Júnior, parabéns, agora você faz parte da nossa equipe!
Milhares de coisas voaram na minha mente. Pensei na minha mãe, na família, nos amigos em tudo. Um peso gigante parece ter saído dos meus ombros.  Fiquei tão feliz, que pulei tentando tocar os pés no alto, como Charles Chaplin, mas foi tão desastroso que derrubei tudo de cima da mesa. Se alguém na rua tivesse visto, certamente pensaria: “Esse aí, fumou muito”... rs
Mas é isso mesmo, finalmente consegui um trabalho, e até já assinei o contrato. Lembro-me muito bem, quando cheguei pela primeira vez na Avenida Nove de Julio e fiquei maravilhado com a beleza dos prédios e a quantidade de empresas boas que estavam instaladas. Parado, tentando ver o final da avenida pensei: "Um dia, vou trabalhar aqui!" Dito e feito! Hoje, a empresa, fica na Avenida Nove de Julio.
Perdi as contas de quantas vezes saí pelas ruas em busca de emprego. Chuva, sol, vento, dia, noite... Muitas vezes eu fazia mais ou menos um percurso de dez ou doze kilometros pelas ruas. Eu saia de casa às 8 da manhã e voltava as quatro, cinco horas da tarde. Sem comer nada. Voltava e logo ia pro fogão cozinhar alguma coisa para comer. E nesse caminho eu descobri o lado bom e o lado ruim de viver aqui. Com o tempo, aprendi como me preparar para uma entrevista de emprego, recebi muitos FEEDBACKS que me ajudaram a me preparar melhor para a próxima entrevista. E cada porta que se fechava na minha frente, me dava mais força para seguir em frente.
Lembro que certa vez li uma reportagem que me alertou para uma posição que muitas vezes eu mesmo me colocava em uma entrevista: Na ofensiva.
Chegamos à entrevista com aquela cara de quem precisa muito do emprego. Não importa o que o entrevistador nos diz, e simplesmente concordamos com ele. Para tudo dizemos que sim, tudo esta ótimo, não importa o que seja, afinal, você só quer o emprego não é? Errado! A empresa também precisa de você. Ponha-se na posição de quem sabe o que quer. Que conhece sobre a empresa, sobre a possível vaga. Pergunte sobre o posto pretendido. Qual tipo de perfil desejado, enfim, mostre que você está interessado pelo emprego, mas não fique na defensiva. Depois de mudar a minha posição de defensor para atacante minhas possibilidades de um emprego aumentaram consideravelmente. Na última semana, recebi 4 propostas de trabalho e acabei optando pela melhor, onde eu poderia trabalhar e estudar. Optei por um call center, seis horas por dia, cinco dias por semana. E o salário é muito bom. (O salário mínimo em Buenos Aires é de mil e quinhentos pesos)
Agora é tempo de plantar. Trabalhar muito e voltar a fazer planos para o futuro.

Tin Tin, um brinde á felicidade!

Enjoy³

8 comentários:

  1. Eis o momento que tanto esperei, ver uma postagem relatando a conquista deste emprego tão sacrificado, o seu conselho sobre a abordagem nas entrevistas pode-se ser um exemplo também para nós brasileiros e essa vitória foi questão de merecimento uma prova de quem quer consegue e você foi contemplado, parabéns e saiba que estou torçendo sempre por você

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado Bárbara!
    Muita gente sabe o quanto é duro percorrer um caminho.
    E fico feiz, que do outro lado da telinha do computador, existem pessoas torcendo por mim.
    Saiba que no que precisar, estou aqui também!
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Parabens!!!!!!!!!!!!!
    Voce nao me conhece, mas soui seguidora do seu blog e fiquei feliz de voce ter tido mas uma etapa vencida ai gringolandia!!!!
    Ah e passa ai o endereço quem sabe no ano que vem nao seja a primeira empresa que vou procurar meu emprego???
    Parabens, bom inicio de trabalho, faça novas amizades, estude muito, curtaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pelo comentário Melani!
    Mais uma vez digo que é muito bom saber que as pessoas leêm meu blog e que de vez em quando, acaba tirando uma ou outra dica dele.
    Me add no msn e te passo o endereço ok?
    E quando vier a Baires, me avisa, que marcamos um café =D

    Super beijão!

    ResponderExcluir
  5. Estou MUITO FELIZ com o seu post. Estou feliz por vc e porque estou indo para Buenos Aires em março, CBC UBA. Sou jornalista aquo no Brasil e tenho uma vasta experiência em telemarketing. Sua conquista me animou muito. Passei e sei que ainda ou passar muio, pelo o que relatou aqui no seu post referente a busca de um emprego. E sei bem essa sensação de conquista. E, de coração, estou MUITO MUITO feliz por vc. Parabéns e esse é só o início das suas conquistas. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  6. Olá Priscilla!
    Poxa, muito obrigado pelas boas vibrações no seu comentário. Fico feliz também que você escolheu Buenos Aires para viver!
    Pode ter certeza que você será muito feliz e se sentira e casa.
    Se puder, me adicione no seu msn e conversamos também!
    Se precisar de alguma ajuda, conte comigo!
    Super beijo!

    ResponderExcluir
  7. Olá Júnior,

    Também estou indo para buenos aires em julho ou agosto, para fazer mestrado em filosofia de direito e gostaria de receber algumas dicas suas sobre trabalho. Tinha pensado também em trabalhar em um call center, porque me disseram que há muitos aí...

    Se puderes, ficaria muito agradecida se você me adicionasse: dymaima@hotmail.com


    Beijos e obrigada...

    ResponderExcluir
  8. ola Jr. tudo bem???
    eu to em Bs.As e hoje estou em busca de um emprego..assim como o seu de passar pouco tempo que se encaixe com o horario da faculdade..voce tem algo a me indicar???

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude a divulgar o blog

create your own banner at mybannermaker.com!
Copie o códido abaixo no seu site para exibir esse banner!